Especialização em Revitalização Urbana e Arquitetônica

O Curso de Especialização em Revitalização Urbana e Arquitetônica, propõe-se a promover a qualificação de profissionais, dentro da perspectiva da educação continuada, visando a um campo de trabalho em franca expansão, principalmente a partir dos anos 80, quando um grande número de municípios brasileiros (e mineiros) começa a implantar serviços locais de defesa do patrimônio cultural.

Neste sentido, procurou-se adaptar o curso anteriormente aprovado, que, de uma ênfase na questão da restauração, passa agora a se direcionar para a formação de técnicos especializados na questão mais ampla da revitalização urbana e arquitetônica, e, atendendo à demanda crescente, aptos para atuar na gestão do patrimônio municipal. Isso justifica tanto o aumento do número de vagas (tendo em vista a grande procura por uma formação deste tipo), quanto o seu formato mais enxuto, que possibilita a rápida integralização dos conteúdos teóricos. Na sua nova versão, conforme decisão da comissão de acompanhamento, visando uma integração entre os trabalhos dos alunos e um maior benefício social extra-muros do esforço desses trabalhos, duas diretrizes nortearão o curso:

  • será eleita uma cidade mineira que funcionará como cidade tema dos trabalhos quer do ponto de vista do espaço urbano quanto das edificações;
  • serão oferecidos aos alunos um cardápio de edifícios desocupados no centro de Belo Horizonte com potencial para habitação social elegíveis ao sistema PAR da Caixa Econômica Federal

Sendo um curso que efetivamente vem atender a uma demanda do mercado de trabalho, o Curso de Especialização em Revitalização Urbana e Arquitetônica, será viabilizado com a cobrança de taxas, nos termos da Resolução n. 6/92, do Conselho Universitário da Universidade Federal de Minas Gerais. Além disso, tentar-se-á estabelecer convênios com órgãos públicos estaduais e municipais, no sentido de atender também a sua demanda de formação de pessoal especializado.